24 de fevereiro de 2017
Imprensa
COMDEMA define câmaras técnicas e relatores para avaliação de aterro sanitário

O Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (COMDEMA) realizou, nesta quarta-feira, reunião ordinária com nomeação do vice-presidente e a instituição de duas câmaras técnicas que otimizarão o trabalho do conselho, norteando de forma eficaz as ações de preservação do meio ambiente. Na ocasião, foram eleitos dois relatores para avaliar o processo de implementação de um novo aterro sanitário privado na cidade.

O ambientalista e técnico de meio ambiente, Pedro Torquato, representante da sociedade civil e membro do COMDEMA há oito anos, foi eleito, por unanimidade, a ocupar o cargo de vice-presidência do Conselho. Para o superintendente da Autarquia Municipal de Meio Ambiente de Juazeiro (AMAJU), o secretário executivo Sidney Kal-Rais, o resultado teve como consequência a experiência do conselheiro, sua trajetória e lutas a favor do Meio Ambiente.

Na reunião foram deliberadas novas composições para o Conselho, como a substituição da Secretaria de Cidades, cujo assento agora será ocupado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (SEDEST), além da criação de duas Câmaras Técnicas, que nortearão as ações do COMDEMA, que são a Câmara Técnica de Recursos Hídricos, saneamento e Resíduos Sólidos e a Câmara Técnica especializada em Avaliação e Diagnóstico Ambiental.

Foram escolhidos dois relatores para o processo de implementação de um novo aterro Sanitário Privado pertencente a empresa REVERT soluções Ambientais. Eles terão a responsabilidade de avaliar a área solicitada pela empresa, segundo a legislação ambiental, observando se o local está adequado a destinação de um aterro e analisando se haverá impactos para a população e o meio ambiente.

De acordo com o engenheiro agrônomo, Nivaldo Soares de Almeida, existe uma série de benefícios que esse tipo de equipamento traz para as cidades em geral.  “Está previsto em lei que os municípios disponham de aterros sanitários, que, diferente do lixão, tem como objetivo que os resíduos recebam um tratamento desde a sua acomodação, cuidado com o chorume, evitando a contaminação do ar com a liberação de alguns gases provocados por queimas”, ressalta o engenheiro.

As reuniões ordinárias do COMDEMA estão sendo realizadas na última quarta-feira de cada mês. O conselho tem como objetivo dialogar acerca das ações ambientais do Município, garantindo a preservação, conservação, o uso sustentável, e melhoria da qualidade de vida em Juazeiro.

Fotos: Hélio Filho


Tópicos: