3 de março de 2017
Imprensa
Prefeito se reúne com servidores para buscar solução sobre tributos

O Prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, esteve reunido na manhã desta quinta-feira, em seu gabinete, na sede da Prefeitura, com representantes do Sindicato dos Servidores Municipais, para buscar uma alternativa, por meio da lei, relacionada aos impostos descontados nos salários pagos no último dia 24 de fevereiro.

A incidência de impostos com alíquota diferenciada se deu por conta dos dois pagamentos salariais efetivados, dentro do mês de fevereiro. O Chefe do Executivo enfatizou, ao final da reunião, que, em nenhum momento, usou de má fé em relação ao funcionalismo e que, onde houver possibilidade, irá buscar, para restituir o que for de direito dos servidores municipais.

Após ouvir representantes de comissão de servidores, incluindo funcionalismo da saúde, educação, endemias, entre outras áreas, o Prefeito Arnon Bezerra propôs uma forma de estudar com afinco soluções para o problema. Ele destacou a necessidade de elaboração de um requerimento administrativo por parte das entidades representativas dos servidores, para que se faça um acompanhamento em todas as instâncias necessárias, com profissionais como advogados. “Estou disposto a resolver, desde que dentro de uma alternativa legal”, afirmou.

A reunião contou com a presença da Presidente do Sindicato dos Servidores, Mazé Sales, que cobrou uma solução para o Chefe do Executivo, relacionada à cobrança de impostos na folha, que classificou como alta.

Além das discussões em torno do pagamento, com alternativas a serem estudadas e expostas aos servidores nos próximos dias, será apresentado, em comum acordo com o sindicato, o calendário de vencimentos salariais do funcionalismo municipal, que deverá acontecer todos os meses entre o dia 25 e último dia útil de cada mês, conforme proposta apresentada pela administração municipal. A reunião contou com a presença do Procurador do Município, Bernardo Oliveira, o Chefe de Gabinete, Nildo Rodrigues, além de secretários municipais e assessoria jurídica.


Tópicos: