6 de abril de 2017
Imprensa
SEDEST realiza últimos ajustes para a reabertura das Cozinhas Comunitárias

A reabertura das quatro Cozinhas Comunitárias, dispostas nos bairros Vila Nova, Horto, João Cabral e Frei Damião, precisou ser adiada devido a grande quantidade de famílias a serem cadastradas. Nos dias que antecedem a reinauguração, as cozinhas estão passando por limpezas e as famílias beneficiadas recebendo orientações sobre o funcionamento dos equipamentos da equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (SEDEST).

As assistentes sociais dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) dos quatro bairros estão empenhadas nas visitas às famílias para preencher os cadastros e realização de triagem.

Cadastramento

As famílias atendidas nas Cozinhas Comunitárias precisam ser referenciadas nos CRAS do bairro em que moram. Dessa forma, as assistentes sociais fazem o cadastro dos moradores em situação de vulnerabilidade social de cada comunidade, onde estão situados os quatro equipamentos. As famílias também precisam estar inscritas no Cadastro Único (CadÚnico).

Uma equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho está finalizando as compras dos alimentos para abastecer as cozinhas, através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Banco de Alimentos e dos recursos do Fundo Municipal.

Cada cozinha irá fornecer o almoço de aproximadamente 200 a 250 famílias em situação de vulnerabilidade social. Também está dentro do planejamento da secretária da SEDEST, Isabela Bezerra, utilizá-los para as oficinas dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), voltadas ao reaproveitamento de alimentos, trabalhando assim grupos de produção para geração de renda, estimulando a economia solidária.

Fotos: Samuel Macedo


Tópicos: