9 de abril de 2017
Imprensa
Plano de Reflorestamento do Parque Ecológico das Timbaúbas é executado no encerramento da Festa Anual das Árvores

A Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Serviços Públicos (SEMASP), a Autarquia Municipal de Meio ambiente (AMAJU) e a Escola Ambiental Monsenhor Murilo de Sá Barreto, em cerimônia de encerramento da Festa Anual das Árvores, na manhã da última sexta-feira, lançaram o Plano de Reflorestamento do Parque Ecológico das Timbaúbas. Na ocasião, estudantes e técnicos de meio ambiente colocaram em prática a vivência ambiental aprendida na escola durante esta semana. O prefeito municipal, Arnon Bezerra, esteve presente na solenidade e ressaltou a importância dos jovens na preservação do meio ambiente e o compromisso de cada um como cidadão de cuidar de Juazeiro do Norte.

A Campanha foi uma iniciativa da Secretaria de Meio ambiente do Estado do Ceara (SEMA) e teve início no dia 03, com uma programação voltada à educação e conscientização ambiental dos estudantes das escolas municipais EEF Edvard Teixeira Ferrer, EEF João Alencar de Figueiredo e Centro Educacional Alayde Oliveira de Andrade, que foram capacitados, através de cursos, palestras, vivências e oficinas, para serem agentes da mudança ambiental em seus bairros e comunidades.

A Festa Anual das Árvores, cujo tema “Mais árvores: mais água e mais vida”, alcançou todos os objetivos proposto pela organização do evento. O superintendente da AMAJU, Sidney Kal-Rais, destacou no encerramento das festividades o Plano de Reflorestamento do Parque Ecológico das Timbaúbas, com o objetivo de melhorar a arborização e condições climáticas da cidade de Juazeiro do Norte.

Blitz distribui 200 mudas de árvores nativas

Realizada durante toda a manhã da quinta-feira, no cruzamento da avenida Padre Cícero com a Castelo Branco, a blitz da árvoreestimulou o plantio de mudas frutíferas, uma prática saudável para melhorar a qualidade de vida, o clima e o ar do ambiente. Foram distribuídos 200 exemplares de árvores, como caju, pinha, mamão, maracujá e ipê amarelo.


Tópicos: