12 de abril de 2017
Imprensa
Prefeitura Municipal reúne agricultores para discutir ações voltadas à agricultura familiar

A prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, através da Coordenação de Agricultura e Abastecimento, realizou no último sábado, um encontro sobre Sistemas Agroflorestais e Grupos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Juazeiro do Norte. Participaram da reunião cerca de 150 agricultores familiares e representantes de associações agrícolas, debatendo ações e projetos voltados à agricultura familiar.

Na ocasião, esteve presente representando o Governo do Estado, o Secretário adjunto do Gabinete do Governador, Fernando Santana, que dialogou com os agricultores e garantiu parceria com a prefeitura municipal. “O governo do estado vai atender à solicitação de transportes voltados a aproximar, ainda mais, o trabalho dos técnicos dos agricultores. Nós vamos doar cinco motos e um veículo para a prefeitura de Juazeiro do Norte. Nos colocamos à disposição para discutir outras propostas que ajudem a agricultura familiar do município”, ressalta Fernando Santana.

Na ocasião, a Coordenação de Agricultura apresentou uma metodologia de trabalho voltada a otimizar o acompanhamento técnico aos agricultores inscritos no PAA, a partir da divisão em seis grandes áreas, com o objetivo de estimular e escalonar a produção. As localidades definidas seguem a mesma divisão utilizada no Programa de Aração de Terras (PAT), compreendendo:  Área 1 - Sitio são Gonçalo, Catolé, Cachoeira, Jurema, Junco, Porções, Vila Santo Antônio (Veados); Área 02 - Sitio Amaro Coelho, Sussuarana, Cachoeirinha, Vila Maria Célia Calou, Moleque, Sertãozinho, Várzea da Ema; Área 03 - Sitio Sabiá, Chumbada, Gavião; Área 04 - Sitio Espinho, Taquari, Carás do Umari, Barro Branco e Vila Três Marias e Passagem Rasa; Área 05 - Sitio Novo, Leite, Cabeça da Vaca, Riachão, Pau seco, Logradouro e Sítio Popô; Área 06 - Sitio Touro e Pedra de Fogo.
Um projeto voltado à produção através do sistema agroflorestal foi apresentado pelo agricultor Antônio Gomide.

O objetivo desse sistema é restaurar a fertilidade do solo, sem precisar utilizar venenos ou agrotóxicos de controle às pragas. A tecnologia ameniza limitações do terreno, através da utilização de árvores para recuperação das fontes ecológicas, minimizando riscos de degradação inerentes à atividade agrícola. De acordo com o coordenador de Agricultura e Abastecimento, Romão França, o sistema oferece melhorias para alavancar a produção da agricultura familiar no município, potencializando a produção orgânica para abastecer o PAA.


Tópicos: