23 de abril de 2017
Imprensa
Gestora do Previjuno é destaque em revista nacional

A Gestora do Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Juazeiro do Norte (Previjuno), Maria das Graças, é destaque em revista de circulação nacional. A revista RPPS Brasil, especializada em Regime Próprio de Previdência Social e que está na sua 33° edição, divulgou a versão on-line para acesso nesta última terça-feira, dia 19.

A revista destinou três páginas de matérias e a capa. Nela a Gestora expôs suas ideias e falou sobre o novo desafio de gerir uma cidade com o porte de Juazeiro do Norte, bem como sobre os desafios encontrados durante o percurso. Alguns desses desafios foram: a regularização dos repasses que estavam em atraso, reparcelamento também em atraso e valores em aberto, que ainda não tinham sido alvo de trâmite para fazer um termo de parcelamento.

Ela afirma que já conseguiu regularizar os parcelamentos, tanto referentes ao executivo quanto ao legislativo. Já foi regularizado o reparcelamento e o que está em aberto, está em trâmite de negociação para fazer o termo do acordo do parcelamento, pois com esses valores em atraso, o Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP) do município é bloqueado, o que é prejudicial para o Município.

O CRP bloqueado acarreta no impedimento para realizações de transferências voluntárias de recursos pela União, celebração de acordos, contratos, convênios ou ajustes, concessão de empréstimos, financiamentos, avais e subvenções em geral de órgãos ou entidades da Administração direta e indireta da União, liberação de recursos de empréstimos e financiamentos por instituições financeiras federais e pagamento dos valores referentes à compensação previdenciária, devidos pelo Regime Geral de Previdência Social – RGPS.

Maria das Graças é natural de Viçosa/CE, formada em economia, técnica em Estatística, e pós-graduada em Administração Pública e Direito previdenciário, além de já possuir 10 anos de experiência no que tange a Previdência de servidores. “A minha vinda para Juazeiro, de certa forma chamou a atenção da mídia, apesar de já ter reconhecimento nacional do nosso trabalho, eles viram como um crescimento profissional, pois trabalhar na cidade da fé e do trabalho e um grande desafio”, destaca.

Segundo Graça, Juazeiro do Norte tem uma média de 4.700 servidores ativos e em torno de 703 aposentados e 95 pensionistas, o que totaliza quase 5.500 beneficiários. “É a quarta matéria que sai nesta revista sobre o meu trabalho desenvolvido no âmbito do RPPS, me sinto mais comprometida. Todo esse reconhecimento nos enche de orgulho, mas com a firmeza do compromisso assumido com este Município. A proposta é organizar a casa”, ressalta.


Tópicos: