12 de maio de 2017
Imprensa
Idosos do CRI são vacinados contra a Influenza

Munidos com as carteiras de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS), os usuários do Centro de Referência do Idoso (CRI), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (SEDEST), receberam, na manhã da quinta-feira, 11, a visita do Núcleo de Mobilização Social e Coordenação de Imunização para mais uma etapa da campanha de vacinação contra a influenza, realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (SESAU).

Aproximadamente 300 idosos foram vacinados durante a manhã de vacinação trivalente, que combate a influenza A (H1N1), influenza A (H3N2) e Influenza B. As pessoas com idades a partir dos 60 anos fazem parte do grupo prioritário que possuem um risco maior de desenvolver complicações devido à gripe. “Geralmente quando o idoso tem uma gripe, a cura é mais lenta. Muitas vezes evolui para uma pneumonia, o que é um risco para a vida da pessoa idosa”, explicou a coordenadora de imunização da SESAU. A vacinação é a maneira mais eficaz de prevenir e reduzir o impacto da influenza.

A aposentada Maria José da Cunha, todo ano tem o cuidado de atualizar a caderneta de vacina. Ela foi a primeira da fila a se vacinar. “Desde os 60 anos de idade eu me previno, hoje em dia eu mal adoeço e, quando adoeço, os sintomas são bem leves. Todo mundo precisa se prevenir”, alerta a aposentada.

O idoso que não pôde receber a vacina na quinta-feira, 11, deve se dirigir até o posto de saúde do bairro ou no Centro de Dermatologia de Juazeiro do Norte. A campanha irá se manter durante todo o ano para garantir a imunização.

Os grupos prioritários são crianças de seis menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos, em medidas socioeducativas, e os funcionários do sistema prisional.

Fotos: Anderson Duarte


Tópicos: