5 de julho de 2017
Imprensa
Gestão busca agilidade no fornecimento de gêneros alimentícios ao Município

Com a finalidade de solucionar diversos problemas relacionados ao fornecimento de gêneros alimentícios e materiais de limpeza para os setores da administração, foi realizada, na tarde de ontem, no Gabinete da Prefeitura, reunião com a Comissão de Licitação, representantes de secretarias, Procuradoria e Chefia de Gabinete. O objetivo foi discutir alternativas para dar encaminhamento e resolver os impasses nos atrasos de fornecimentos e até mesmo a falta de itens exigidos pela administração.

Os fornecedores licitados, dependendo dos casos, serão notificados para regularizarem o repasse do fornecimento dos produtos, conforme os prazos estabelecidos, tanto da merenda escolar, como dos itens que serão direcionados às cozinhas comunitárias. Durante a reunião foram feitas avaliações de cada caso, além de se verificar quais os procedimentos necessários, no sentido de normalizar as entregas, para que a população não seja prejudicada com atrasos.

Os diversos problemas que foram enfrentados nos primeiros meses da administração Arnon Bezerra, causando transtornos nas entregas dos produtos, terão as situações avaliadas, diante do que foi proposto em edital. Uma das metas, conforme o que foi debatido na reunião, é atuar com maior rigor, dentro da situação de emergência, para que os problemas sejam rapidamente solucionados. A finalidade é dar agilidade maior a entrega dos produtos.

Diante das situações mais problemáticas, está sendo estudada a possibilidade de rescisão de alguns contratos. “Queremos bons fornecedores e qualidade nos produtos e serviços”, disse o Chefe de Gabinete da Prefeitura, Nildo Rodrigues. As exigências para as empresas deverão aumentar nos contratos efetuados, como garantia de segurança e para dar maior respaldo ao Município.

Ainda participaram da reunião os secretários de Gestão, Evaldo Soares; Isabela Bezerra, do Desenvolvimento Social e Trabalho; o Procurador Geral do Município, Bernardo Oliveira; o Chefe de Gabinete, e representantes da licitação, secretarias de Saúde, Educação, entre outros segmentos que estão sendo afetados com os problemas relacionados ao fornecimento dos gêneros alimentícios para as diversas instâncias municipais.

Fotos: Elizângela Santos


Tópicos: