2 de agosto de 2017
Imprensa
Prefeitura realiza levantamentos em área de desmoronamento e presta assistência social

A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte está realizando todo o acompanhamento voltado ao caso do adolescente de 12 aos, que morreu soterrado na última segunda-feira, no momento em que retirava terra de um barranco, na área próxima ao conjunto Habitacional Minha Casa, Minha Vida, no Conjunto São Sebastiao II. Equipes das secretarias de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Autarquia de Meio Ambiente de Juazeiro do Norte (Amaju) e Desenvolvimento Social e Trabalho já estiveram na área realizando levantamentos, além de acompanhar familiares da vítima.

Técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Social estiveram, na tarde de ontem, mais uma vez, com a equipe que integra a Proteção Social Especial, além dos integrantes do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, para constatar as condições de vivência da vítima e dos seus familiares e prestar o apoio necessário.

Já os órgãos ambientais estiveram no terreno e verificaram que o local é de propriedade do Município. Além disso, a exploração da área, com a retirada de terra, acontecia de forma irregular, sem autorização ambiental. Com isso, uma das providências será cercar o espaço e intensificar a fiscalização, para coibir essa prática.

A retirada de areia se intensificou no local, com a ocupação do conjunto habitacional, há cerca de dois meses. Os moradores chegavam a pagar por latas de areia retiradas na área onde ocorreu desmoronamento. A administração municipal lamenta profundamente o fato ocorrido, ocasionando uma tragédia que sensibilizou toda a sociedade local e estadual. Reitera que a família vem sendo assistida desde o primeiro momento, com cessão de urna funerária, além da busca de informações necessárias, dentro dos critérios assistenciais disponibilizados.


Tópicos: