4 de setembro de 2017
Imprensa
Saúde na Escola atinge 25 unidades de ensino e beneficia quase 1.700 crianças, em Juazeiro do Norte

A Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte, em parceria com a Secretaria de Educação, por meio do Grupo de Trabalho Intersetorial (GTI-M) do Programa Saúde na Escola (PSE), viabilizou, nesta segunda-feira (04) a implementação da Estratégia NutriSUS no Município. O programa NutriSUS é uma iniciativa do Ministério da Saúde e faz parte de uma iniciativa de fortalecimento da alimentação infantil, através da adição de um suplemento vitamínico a uma das refeições fornecidas diariamente às crianças de 6 meses a 4 anos, matriculadas em creches participantes do PSE.

Prefeito destaca importância do programa

A efetivação oficial do programa ocorreu no Centro Educacional Infantil (CEI) Ana Amélia Bezerra de Menezes Sousa, e contou com a presença de autoridades, entre elas o prefeito Arnon Bezerra, que ressaltou a importância do programa. “As crianças estão recebendo a suplementação justamente na hora que mais precisa: na hora da formação física, na hora da sua formação intelectual. E o que nós queremos é que logo, logo possamos estar recebendo de volta todo o trabalho que os professores e cuidadores têm tido com as crianças”, enfatizou o gestor.

Serão contempladas 1.669 crianças matriculadas em 25 estabelecimentos de ensino público de Juazeiro do Norte. Para tanto, todos os setores responsáveis pela saúde da família, assim como os diretores dos estabelecimentos escolares envolvidos e os pais dos alunos, passaram por oficinas e palestras com a equipe de nutricionistas da saúde e merenda escolar, onde foi apresentada a Estratégia NutriSUS.  

O NutriSUS

Os sachês com suplemento alimentar em pó adicionados às refeições possuem 15 micronutrientes, entre eles todas as vitaminas do complexo B, ferro e outros minerais, na quantidade ideal para o bom desenvolvimento das crianças. De acordo com Amanda Cordeiro, enfermeira do PSE, este suplemento alimentar fortalece o sistema imunológico das crianças e previne principalmente a anemia. Atualmente, estima-se que uma em cada cinco crianças no Brasil apresenta anemia, em especial as menores de 2 anos de idade. Além disso, o NutriSUS pode ajudar a melhorar o desenvolvimento intelectual e motor dessas crianças.

Um enfermeiro ou técnico de Enfermagem visitará mensalmente as escolas que estão aplicando o NutriSUS para o acompanhamento do programa, a fim de identificar alguma dificuldade na aplicação do suplemento e encaminhar as crianças ao atendimento em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) quando necessário.

Com este programa, a gestão reforça seu compromisso de proporcionar às crianças as condições necessárias para um desenvolvimento satisfatório em todos os aspectos de sua vida. “Crianças saudáveis, se capacitando cada vez mais, fisicamente e intelectualmente, para uma sociedade justa e, sobretudo, exigente. Nós queremos o melhor pra elas”, enfatizou o prefeito.

Fotos: Samuel Macedo

Galeria de fotos


Tópicos: