7 de setembro de 2017
Imprensa
Comitê de combate ao Aedes aegypti discute ações para o período de romaria

Membros do Comitê Intersetorial de combate ao Aedes aegypti reuniram-se nesta quarta-feira, 6, para dar continuidade à elaboração do seu plano de trabalho. A equipe, composta por representantes de diversos setores, entre eles Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação e Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho, está somando esforços em prol da realização de ações permanentes na luta contra o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Neste momento, foi debatido especialmente como o Comitê pode atuar durante a Romaria de Nossa Senhora das Dores, pensando nos efeitos que este evento causa à cidade. Foi citado, por exemplo, a importância dos cuidados com o recolhimento do lixo, que pode acumular água e tornar-se foco para reprodução do Aedes aegypti.

Com atividades de orientação que envolvam os romeiros que visitam a cidade, assim como os comerciantes e demais trabalhadores que participam das festividades, o Comitê pretende alcançar visibilidade junto à população, incentivando ações integradas e que torne-se replicadora deste trabalho de conscientização. É importante ressaltar que este trabalho será constante, e não apenas no período da Romaria.


Tópicos: