8 de novembro de 2017
Imprensa
Prefeito Arnon Bezerra inicia reabertura de Cozinhas Comunitárias, pelo bairro João Cabral

O Prefeito Municipal, Arnon Bezerra, reabriu, nesta terça-feira, 07, a primeira de quatro Cozinhas Comunitárias, no bairro João Cabral. Os equipamentos serão reabertos esta semana, em Juazeiro do Norte, e vão fornecer, juntos, mais de quatro mil refeições por semana, em áreas de vulnerabilidade social. Nesta quarta-feira, 08, será reaberta a Cozinha Comunitária no bairro Frei Damião, em solenidade às 11h30.

Em cada unidade, serão distribuídas de 200 a 250 refeições, diariamente, de segunda-feira à sexta-feira, para pessoas cadastradas em suas respectivas localidades e inseridas no Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Com isso, a cidade fortalece a política de segurança alimentar, contando também com o Restaurante Popular, que semanalmente fornece cerca de 2.500 refeições.

A reabertura contou com a presença da comunidade local e autoridades. Os moradores tiveram a oportunidade de saborear uma alimentação balanceada, com trabalho coordenado por profissionais e técnicos capacitados. Os equipamentos receberam melhorias, possibilitando melhor qualidade para recepção e na mesa aos moradores de baixa renda.

O Prefeito Arnon Bezerra destacou que a recuperação dos equipamentos é tão importante quanto a construção de novos. “Não queremos trabalhar com remendos, zelamos pela qualidade. Para a reabertura das cozinhas, foi realizado um trabalho minucioso, e isso é muito importante para essas pessoas beneficiadas, porque terão alimentação de qualidade, adequada, nutritiva e saborosa e que respeita e valoriza os agricultores. Nós queremos recuperar tudo o que Juazeiro do Norte tem de bom, que contribua com a sociedade”, disse. Na quinta-feira e sexta-feira, dias 9 e 10, respectivamente, serão reabertas as cozinhas comunitárias da Vila Nova e do Horto.

Programa de Aquisição de Alimentos 

A Cozinha Comunitária do bairro João Cabral é composta por um agente administrativo, um cozinheiro, dois auxiliares de cozinha e um profissional de serviços gerais. Todos residentes do bairro. O equipamento contribui no processo de conscientização alimentar e inserção social, já que os gêneros alimentícios recebidos pela cozinha são provenientes do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que adquire da agricultura familiar, no intuito de instigar os pequenos agricultores a comercializarem os seus produtos e proporcionarem uma fonte de renda, bem como de recursos do fundo geral do município.

Inclusão produtiva

A Secretária de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), Isabela Bezerra, aproveitou o momento e pediu zelo do equipamento, que também será espaço para cursos de inclusão produtiva para a comunidade, promovendo o empreendedorismo, oportunidades e, dessa forma, o empoderamento das famílias que utilizam as cozinhas. “Finalmente chegamos ao grande dia e estamos felizes por isso. Trabalhamos arduamente para garantir a alimentação de qualidade, através da política de segurança alimentar, que só foi possível graças ao empenho do Prefeito e as secretarias envolvidas, como a Agricultura e a Educação.”, afirmou.

Cardápio balanceado

Os cardápios das cozinhas foram estudados e compostos respeitando os alimentos característicos da região, considerando o fortalecimento do PAA. “Trabalhamos com o intuito de que os pequenos agricultores sintam-se participantes desse processo, contribuindo para o fortalecimento da segurança alimentar”, disse o nutricionista das cozinhas, Fabrício Lima.

Fotos: Samuel Macedo

Galeria de fotos


Tópicos: