9 de novembro de 2017
Imprensa
SAD promove capacitação em Ventilação Mecânica Invasiva Domiciliar

A Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte, através do Serviço de Atenção Domiciliar – SAD, realizou, na tarde da última terça-feira, 07, uma capacitação para a Equipe Multiprofissional de Atenção Domiciliar – EMAD e a Equipe Multiprofissional de Apoio – EMAP.

Esta capacitação foi fruto da participação de profissionais do SAD no Curso de Ventilação Mecânica Invasiva Domiciliar, ofertado pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz. A enfermeira Ana Bruna Macedo e a fisioterapeuta Savana Teixeira foram as responsáveis por promover a multiplicação dos conhecimentos adquiridos.

A ventilação mecânica consiste em um suporte de aparelhos oferecido a pacientes que não conseguem respirar normalmente em decorrência de doenças, anestesias e anomalias congênitas. A modalidade de ventilação mecânica invasiva é quando o equipamento é conectado ao paciente por meio de tubo endotraqueal ou traqueostomia.

Este ano, após solicitações feitas pela coordenação do SAD de Juazeiro do Norte, os profissionais do Serviço foram contemplados com vagas para três importantes capacitações no Estado de São Paulo, com o apoio do Ministério da Saúde e do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde – PROADI-SUS. Estes cursos foram: Complexidade do Cuidado de Atenção Domiciliar; Aspectos Psicossociais no Cuidado em Ventilação Mecânica Domiciliar; Ventilação Mecânica Invasiva Domiciliar.

Importância da capacitação

Para a coordenadora do SAD, Rosa Maria Sobreira, a importância em capacitar as equipes que atuam no Serviço consiste na busca pela atuação em modo linear e no cuidado por meio de práticas clínicas seguras baseadas nas necessidades do usuário, reduzindo a fragmentação da assistência e a demanda por atendimento hospitalar. “Para o nosso serviço ter sucesso ele depende diretamente da integração de todos da Equipe Multidisciplinar. É muito importante os profissionais estarem reunidos para discutir e analisar o plano de cuidados de cada paciente, o que pode ser melhorado e o que está dando certo”, completou a coordenadora.

O SAD é responsável pelo atendimento de saúde em domicílio a pacientes acamados ou com dificuldades de locomoção; que necessitam de cuidados com sondas de alimentação ou para urinar, curativos mais complexos, traqueostomia, ostomia, oxigenoterapia, entre outros paliativos de reabilitação. A demanda de pacientes atendidos pelo Serviço é flutuante e pode mudar a cada mês. O mês de outubro foi encerrado com 322 pacientes.

Galeria de fotos


Tópicos: