18 de dezembro de 2017
Imprensa
Juazeiro do Norte adere à campanha ElesporElas

Realizada, na última sexta-feira, 15, na Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), em parceria com o Conselho Municipal de Defesa de Direitos da Mulher (Condem), a adesão do Município à Campanha Elas por Elas, se integrando aos 16 dias de ativismo em combate à violência contra a mulher. Com isso, Juazeiro do Norte dá mais um salto positivo na luta pela igualdade de gênero. O objetivo da campanha é engajar homens e meninos para novas relações de gênero, sem atitudes e comportamentos machistas. Ou seja, na quebra de barreiras que impedem as mulheres de alcançarem a igualdade na sociedade.

O evento contou com a participação do Prefeito Arnon Bezerra e homens servidores, que prestigiaram a palestra da advogada do Centro de Referência da Mulher (CRM), Anamarina Miranda, sobre o que tipifica violência contra as mulheres, além de divulgar alguns conceitos como o fato de a desigualdade de gênero ser uma das violações de direitos humanos mais recorrentes da nossa época, bem como a aplicação da Lei Maria da Penha nº 11.340.  

Criado pela Organização das Nações Unidas – Mulheres (ONU Mulheres), entidade voltada para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres, a campanha ElesporElas está alinhada ao que a gestão municipal vem desenvolvendo para atingir o objetivo Juazeiro Sem Preconceito. A finalidade é trabalhar na obtenção de uma sociedade justa e com oportunidades iguais para mulheres e homens. Para a ONU Mulheres, a voz dos homens é poderosa para difundir para o mundo inteiro que a igualdade para todas as mulheres e meninas é uma causa de toda a humanidade.

Foi explicado pela Secretária Isabela Bezerra, como a educação, desde a base, pode ser transformadora nessa questão, com o estímulo de lideranças femininas. Ela também falou sobre a relevância que a campanha ElesporElas tem para Juazeiro do Norte, pensada desde a formulação dos 16 objetivos da gestão.

 “Antes, as discussões sobre a violência contra a mulher envolviam apenas as mulheres, e a partir dos estudos realizados, foi levada em consideração a importância dos homens também participarem. Como apenas as mulheres vão discutir sobre essa violência, quando 100% desses casos são praticados por homens? , é preciso engajá-los nessas discussões e fortalecer ainda mais a luta no combate à violência contra a mulher”, afirmou a Secretária.

Luta pela igualdade de gênero

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho é a pasta mais envolvida na luta pela igualdade de gênero, devido os equipamentos que se dedicam ao desenvolvimento social e por também trabalhar com a política de Proteção Social Especial, destinada aos indivíduos com direitos violados, a exemplo do Centro de Referência da Mulher (CRM). Para a secretária, a campanha vem para “discutir que homens e mulheres são diferentes, mas todos possuem direitos e isso não diminui a condição do outro. Na verdade só amplia”.

O Prefeito Arnon Bezerra parabenizou o trabalho realizado pela Sedest e por mais essa conquista que tanto contribui para o alcance de uma sociedade mais justa. “Lamentavelmente, ainda vemos muitos casos de violência contra as mulheres. Esses encontros, a adesão de campanhas como essa, são importantes para reafirmarmos o compromisso com a sociedade juazeirense. É questão de justiça, só assim avançamos como sociedade”, disse.

Fotos: Helio Filho

Galeria de fotos


Tópicos: