5 de janeiro de 2018
Imprensa
Município ministrará formação em Educação Inclusiva para professores

A Secretaria de Educação de Juazeiro do Norte (Seduc) dará início a uma formação específica para professores que atuam nas salas de de Atendimento Educacional Especializado (AEE) de toda a rede municipal de ensino. O primeiro módulo acontecerá na Sede da Seduc neste sábado, dia 06 de janeiro. Todo o curso terá carga horária de 40 horas, que deverão ser diluídas ao longo desse primeiro semestre de 2018.

As aulas serão ministradas pela própria Secretária de Educação, Maria Loureto de Lima, que entre outras qualificações, possui pós-graduação em Educação Inclusiva.

Segundo Maria Loureto, o conteúdo abordado será trabalhado a partir da prática pedagógica já desenvolvida pelos professores, com foco na importância da mediação entre a Sala de Atendimento Especial e a Sala de Ensino Regular. “A ideia é que haja um fortalecimento das ações conjuntas dos dois professores que trabalham essa itinerância com a criança e, consequentemente, a inclusão dentro da escola num sentido mais amplo. Nosso intuito é que a gente inove as falas e atualize nossas leituras e compreendamos melhor o sistema de avaliação das crianças que estão em processo de evolução na educação inclusiva”, ressalta a Secretária.

 Atenção especial

Desde o início da atual Administração Municipal que a Educação Inclusiva tem recebido atenção especial por parte da Seduc. Em 2017, foram firmadas parcerias e convênios com o Sesc e Apae que oferecem, além de formações específicas nessa área, um trânsito livre para professores de alunos com deficiência entre as escolas e essas instituições locais.

Maria Loureto de Lima lembra que o trabalho desenvolvido pela Seduc acontece dentro de uma linha integradora e interativa e que essa é uma orientação feita em consonância com o Prefeito Arnon Bezerra. “Para a educação inclusiva, isso é muito importante, pois ela não deve ser apenas para juntar crianças, mas sim integrá-las”, lembrou Maria Loureto.

Ela lembra ainda que Juazeiro do Norte tem apresentado elevadas estatísticas de crianças com necessidades especiais e que a compreensão de gestores e professores das escolas necessitam de alargamento, no que se refere aquisição de novos conhecimentos e qualificação técnica, no intuito contribuir para mudanças de atitudes e comportamentos dentro da Educação Inclusiva na rede municipal de Educação.


Tópicos: