19 de março de 2018
Imprensa
Secretarias debatem projeto de ação intersetorial para Mestres da Cultura do Município

Secretários municipais de Juazeiro do Norte reuniram-se na manhã desta sexta-feira (16), na Secretaria de Saúde, para discutirem a elaboração de um projeto intersetorial que auxilie o acesso de mestres e brincantes da cultura popular do Município aos serviços públicos de saúde e de assistência social.

Participaram da reunião a Secretária de Saúde, Nizete Tavares, os Secretários Interinos de Cultura, Renato Fernandes, e de Desenvolvimento Social e Trabalho, Sandoval Barreto, a coordenadora do Núcleo de Arte e Cultura Marcus Jussier, Maria Gomide, os diretores de projetos e de segurança alimentar e nutricional da Sedest, Samuel Sobreira e Tiago Pereira, e a diretora de políticas em atenção especializa da Sesau, Fátima Vasques.

Na ocasião, a Secult apresentou às demais secretarias a proposta para construção de um programa de acesso que facilite o tratamento de saúde dos mestres e brincantes da cultura popular de Juazeiro do Norte, com o intuito de proporcionar melhor qualidade de vida a estes que são responsáveis por manterem vivas as tradições culturais da região e de transmiti-las para as gerações futuras.

Num primeiro momento, será feita a regularização do cadastro no Sistema Único de Saúde (SUS) dos mestres através da atualização do cartão SUS. Posteriormente, serão planejadas ações específicas de saúde e assistência social para os brincantes, e consequentemente, para as comunidades onde estão inseridos.

Na percepção dos secretários, a cultura popular é um amplo canal de acesso para as comunidades, possibilitando o maior reconhecimento e mapeamento de suas principais necessidades. Através deste programa, será criado um vínculo mais estreito entre os grupos culturais e pessoas a eles integradas às equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF) das Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos seus bairros.


Tópicos: