28 de maio de 2018
Imprensa
Prefeitura de Juazeiro do Norte realiza reforma do Centro Mestre Noza

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Cultura, está realizando a reforma do prédio onde funciona o Centro de Cultura Popular Mestre Noza, uma das principais referências do artesanato nordestino para o sul e sudeste do Brasil, além de alguns países, principalmente europeus.

Com recursos da ordem de R$ 241.371,24, a reforma do Centro Mestre Noza contempla a instalação de um Café Cultural e uma área de convivência para os artistas e visitantes. Os locais onde os artistas realizam suas criações passarão por readequações para que possam oferecer segurança e conforto aos trabalhadores. Também será criado um ambiente adequado para o armazenamento da matéria-prima utilizada pelos artesãos, bem como para armazenar os produtos criados.

Ao final da reforma, o espaço para comercialização estará integrado a essa nova estrutura. A ideia é que o fluxo para a circulação de pessoas desde a entrada até a saída possa ser interativo e intuitivo.

O Secretário Interino de Cultura, Renato Fernandes, lembra que a reforma é o resultado de um processo de mais de um ano de empenho, trabalho e parceria que envolveu a Prefeitura Municipal, através do ex-Secretário de Cultura Alemberg Quindins, o Prefeito Arnon Bezerra, o Governo do Estado e diretoria da Associação de Artesãos que utilizam o espaço para produção, exposição e comercialização de suas obras. “Para o Centro Mestre Noza, sem dúvida é uma grande conquista. O espaço precisa e merece ser reordenado e essa nossa grande expressão da nossa cultura popular precisa de um espaço mais adequado para poder fomentar a economia criativa de Juazeiro do Norte”, ressalta Renato Fernandes

Artesãos no Centro Multiuso 

Enquanto acontece a reforma os artesãos estão ocupando um espaço no terceiro andar do Centro Multiuso Vapt Vupt, cedido pela Universidade Regional do Cariri (URCA), através do Instituto de Pesquisa José Marrocos (Ipesc). A parceria foi viabilizada pela Secult Juazeiro do Norte. Neste intervalo de tempo, os artesãos estão trabalhando normalmente. Quando a reforma do Centro Mestre Noza for finalizada, eles retornarão ao espaço. A previsão é a obra seja concluída em outubro deste ano.

Fotos: Helio Filho

Galeria de fotos


Tópicos: