27 de junho de 2018
Imprensa
Exposição ‘Xilos, traços da tradição’ realizada na RFFSA atrai grande público

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria de Cultura, realizou neste dia 26 de junho, na RFFSA, a Exposição “Xilo, traços da tradição”, uma homenagem aos artistas populares do Município e região. O trabalho fez parte do evento de apresentação das quadrilhas campeãs do festival de Quadrilhas de Juazeiro do Norte, que também contou com shows de Junú e da banda Casa de Reboco.

Com apoio do Governo do Estado do Ceará, a exposição traz, em diversas reproduções de xilogravuras em painéis iluminados de aproximadamente 3m x 2,5m, representações das memórias e das múltiplas identidades do Nordeste, construídas e exaltadas na obra de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião e materializadas pelas mãos dos habilidosos gravadores do Cariri.

Ao todo, são 12 xilogravuras inspiradas na dinâmica que alude aos festejos populares do Região do Araripe, a fartura da colheita dos frutos retirados da terra, a exuberância da natureza, a vida simples do campo como também a dura realidade provocada pelos períodos de longas estiagens que assolam os sertões profundos.

A ideia é que a exposição possa se tornar itinerante, visitando outros grandes eventos que acontecem no Cariri e em outras cidades cearenses.

A exposição é concebida com trabalhos executados pelos xilógrafos juazeirenses como Stenio Diniz, José Lourenço, Manoel Inácio,  Cicero Vieira,  Cícero Lourenço e Demontier Lourenço, onde cada um deles nos convida a adentrar pelo olhar nesse rico universo cultural nordestino, cantado pelo grande Luiz Gonzaga. 

“Xilo, traços da tradição” tem curadoria de Augusto Pessoa, Projeto de Expografia de Lis Cordeiro. A idealização do projeto é da Secretária Executiva de Cultura, Sandra Nancy Bezerra, que também assina a curadoria.

Galeria de fotos


Tópicos: