6 de novembro de 2018
Imprensa
Repensando a Fundação Memorial Padre Cícero é tema de seminário aberto nesta segunda-feira

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Cultura (Secult) e a Fundação Memorial Padre Cícero (FMPC), abriram nesta segunda-feira, 05, a programação do Seminário Repensando o Memorial Padre Cícero.

A roda de conversa que abriu o evento contou com a presença de dois ex-presidentes da FMPC. Antônio Chessman Alencar Ribeiro (2013/2014) e Renato Casimiro (2009) fizeram um breve relato sobre suas passagens pela instituição, falaram de realizações e dificuldades que enfrentaram à frente da instituição como a falta de apoio dos antigos gestores municipais e parcos recursos financeiros.

A atual Presidente da FMPC, Cristina Holanda, também falou das dificuldades de se gerir uma instituição daquele porte. No entanto, apresentou algumas conquistas e ações implementadas em sua gestão, que conta com uma equipe qualificada e o apoio do Prefeito Municipal Arnon Bezerra e da Secult Juazeiro do Norte. Entre os pontos destacados, Cristina Holanda citou as mudanças no método de registro de visitantes, da exposição dos objetos pertencentes ao Padre Cícero bem como o reconhecimento, por parte do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), que concedeu ao Memorial Padre Cicero o Registro de Museus, um documento que certifica que a instituição atende uma série de requisitos descritos pelo Ibram.

O Secretário de Cultura, Renato Fernandes, considera que o Memorial Padre Cícero é um dos equipamentos mais importantes de Juazeiro do Norte, principalmente por abrigar nele a memória do Município e a sua Cultura, como um dos patrimônios mais importantes de uma cidade. “O Memorial Padre Cícero abriga a história e o patrimônio imaterial de Juazeiro do Norte. Quando assumi a Secult, o Memorial discutia apenas problemas mal resolvidos do seu passado. Hoje, com a Cristina Holanda à frente, ele discute o futuro, e isso é uma mudança de paradigmas, de rumo e de perspectiva”, comenta o Secretário, ao destacar que o evento se torna marcante por dar um novo horizonte para a FMPC e garantir a salvaguarda do patrimônio imaterial da cidade.

A programação do Seminário prosseguiu durante todo o dia. Ao final da tarde, foi empossado o novo Conselhor Curador da Fundação Memorial Padre Cícero e aconteceu a abertura da Exposição “Novos Olhares para Monalisa e a Cultura Regional”.

Já nesta terça, estão programadas novas mesas redondas e a oficina de educação patrimonial  “Juazeiro por meio de imagens”, que será ministrada pela equipe do Memorial Padre Cícero.

Galeria de fotos


Tópicos: