1 de fevereiro de 2019
Imprensa
Exposição “Xilo, traços da tradição” é aberta no Largo do Memorial Padre Cícero

A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Cultura (Secult) e a Fundação Memorial Padre Cícero abrem nesta sexta-feira, 1 de fevereiro, a partir das 10h da manhã, a exposição “Xilo, traços da tradição”. Com curadoria da professora e secretária executiva de Cultura, Sandra Nancy, e fotografia de Augusto Pessoa, a exposição é uma forma de homenagear os artistas populares de Juazeiro do Norte que foram convidados.

Ela foi instalada bem em frente à entrada principal do Memorial Padre Cícero se destacando em meio ao cenário típico do Largo do Memorial, principalmente durante a noite e compõe a programação da Secult e da Fundação Memorial Padre Cícero para a Romaria de Candeias.

Ao todo são 12 painéis iluminados, de 2m x 1,5cm, com xilogravuras inspiradas na obra de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, e apresenta trabalhos de seis xilógrafos: Stenio Diniz, José Lourenço, Manoel Inácio, Cicero Vieira, Cícero Lourenço e Demontier Lourenço. São obras que retratam o rico universo cultural nordestino, ilustrando os festejos populares do Araripe, a fartura da colheita dos frutos retirados da terra, a exuberância da natureza, a vida simples do campo, como também a dura realidade provocada pelos períodos de estiagens.

A exposição “Xilo, traços da tradição” é uma produção da Secretaria da Cultura de Juazeiro do Norte, em parceria com o Governo do Estado do Ceará. Sua inauguração se deu em junho de 2018, por ocasião dos festejos juninos em Juazeiro do Norte. Passou pelo Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFCE – Campus Juazeiro do Norte).

Ficha técnica da exposição “Xilo, traços da tradição”

Curadoria: Sandra Nancy F. Bezerra
Fotografia:  Augusto Pessoa
Expografia: Lis Cordeiro e Demontiez Araújo

Galeria de fotos


Tópicos: