Equipe do Ministério da Cultura ministra oficina para mestres e produtores

Publicado em 23 de agosto de 2017.

Uma equipe de Técnicos do Minc ministrou oficina que orienta Mestres e Produtores locais para a inscrição em edital público voltado para a Cultura Popular

O Núcleo de Arte, Educação e Cultura Marcus Jussier, da Secretaria de Cultura de Juazeiro do Norte, recebeu na noite desta terça-feira, 22 de agosto, uma equipe do Ministério da Cultura (Minc). Na oportunidade, os técnicos do Minc ministraram uma oficina para o preenchimento de propostas para o edital Leandro Gomes de Barros, que visa reconhecer e premiar as iniciativas de Mestres e Mestras, Grupos ou Comunidades sem constituição jurídica e pessoas jurídicas sem fins lucrativos, com natureza ou finalidade cultural que envolvam as expressões das culturas populares brasileiras.

As inscrições no edital podem ser feitas formalmente através do preenchimento de formulários ou ainda através da apresentação dos projetos em vídeo. A oficina, que também foi aberta ao público em geral, trouxe orientações pertinentes para a realização desse trabalho no Município. 

A Secult de Juazeiro do Norte vem atuando com o objetivo de inscrever alguns mestres e grupos da tradição popular de Juazeiro do Norte. Uma equipe vem coletando imagens dos mestres da tradição popular para essa finalidade.

Segundo a diretora do Núcleo Marcus Jussier, Maria Gomide, essa ação do Minc reconhece o Cariri como um grande celeiro da cultura popular. A equipe do Ministério da Cultura esteve visitando outras cidades da região com a mesma finalidade.

“Esse é um edital interessante, pois ele permite que os mestres possam apresentar seus trabalhos, mesmo que não saibam ler ou escrever, reconhecendo outras formas de linguagem. É um edital adequado a essa categoria e isso é muito importante”, destaca Maria Gomide. Além de representantes da tradição popular, artistas e produtores culturais também participaram da oficina.

As inscrições para o edital Leandro Gomes de Barros podem ser feitas até o 28 de agosto de 2017, no site www.cultura.gov.br.