Carnaval dos CAPS’s leva alegria e diversão à Praça do Giradouro

Publicado em 9 de fevereiro de 2018.

A Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte, através da Rede de Saúde Mental e com o apoio do Núcleo de Mobilização Social e do Centro de Infectologia, promoveu, na manhã da última sexta-feira (09), na Praça do Giradouro, uma ação comemorativa de Carnaval para os usuários dos 03 Centros de Atenção Psicossocial (CAPS III, CAPS AD III e CAPS i) do Município e seus familiares.

O local foi ornamentado com enfeites e adereços produzidos pelos próprios pacientes, que também confeccionaram máscaras e colares para usarem na festividade. Durante a ação, os usuários participaram, juntamente com seus familiares, de um momento de atividades físicas, orientadas pelo educador físico do CAPS AD III. Com muita descontração, todos se divertiram ao som das músicas carnavalescas. Foi servido ainda um lanche após os exercícios.

A Secretária Executiva de Saúde do Município, Francimones Rolim, disse que esta foi a primeira vez que os 03 CAPS’s realizaram o Carnaval juntos e ressaltou as conquistas em relação aos serviços de saúde mental. “Nós juntamos forças e resolvemos fazer um evento só, pois antes faziam todos separados. A Secretaria de Saúde tem apoiado a saúde mental em Juazeiro. Conseguimos a habilitação do CAPS i e encaminhamos o pedido de habilitação do CAPS AD III”, afirmou.

De acordo com a diretora da Rede Saúde Mental de Juazeiro do Norte, Elizangela de Gouveia, a realização deste tipo de evento atende aos objetivos dos serviços do CAPS’s, como a reinserção dos usuários na sociedade e a desmistificação da doença mental, por exemplo. “Eles devem se sentir capazes de realizarem as suas tarefas diárias, por isso estimulamos os pacientes a confeccionarem o próprio artesanato para usarem neste dia. Por isso também escolhemos a praça para realizar este evento, para que eles possam se sentir incluídos e não excluídos da sociedade”, disse.

“Esperamos que no próximo ano a gente consiga fazer bem melhor, tendo o serviço habilitado, credenciado e dando qualidade de vida, o lazer, e integrando não só os pacientes, mas as famílias junto ao serviço de saúde mental do nosso Município”, concluiu Francimones Rolim.

Fotos: Helio Filho