Central de Interpretação de Libras promove cursos para servidores públicos

Publicado em 22 de fevereiro de 2019.

A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), realizou, nesta quinta-feira, 21, no Senac, capacitação com a Central de Interpretação de Libras (CIL) para servidores da Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte. O curso faz parte do Projeto ‘Por um Juazeiro Acessível’, desenvolvido há dois anos no município.

O Projeto faz parte de um conjunto de ações que a Sedest tem buscado no intuito de ampliar a inclusão da comunidade surda e reduzir barreiras de comunicação com cursos e palestras que preparem e qualifiquem os serviços nos órgãos públicos de Juazeiro do Norte. “Os surdos precisam pagar contas, ir ao médico, resolver questões burocráticas, mas esbarram na comunicação”, afirma a coordenadora da CIL, Cleide Barbosa.

Através da mediação na comunicação entre pessoas com deficiência auditiva, surdos e surdocegos, o Cil oferece atendimento 24 horas por dia em um sistema de pré-agendamentos ou emergenciais, conforme a necessidade para viabilização da comunicação entre surdos e ouvintes, de qualquer serviço público. A Central também dispõe de suporte online, através de e-mails, aplicativo WhatsApp, Skype e redes sociais, como também presencialmente.

Mas apenas o intermédio não é suficiente para sanar um problema que é estrutural e complexo. Por meio de cursos divididos em módulos básico, médio e avançado, a Central vem transformando gradativamente a forma das pessoas se relacionarem e de atenderem quem se comunica através da Língua Brasileira de Sinais (Libras). “Todos os dias preciso me comunicar em libras. É muito melhor quando a gente fala através da libras e não da mimica, como eu fazia antes. Não é legal com a pessoa que está apenas tentando se expressar. Agora a gente pode oferecer um serviço eficaz, que alcança todo mundo”, disse a recepcionista do Cerest, Maria Inês.

Consequentemente, demais setores não apenas da área pública, como da privada, se sensibilizaram e abriram espaços para quem quiser conhecer o trabalho da CIL. Constantemente, a Sedest realiza por meio da CIL encaminhamentos de candidatos para vagas em empresas da cidade.     

Fotos: Hélio Filho