Capacitação da CGM para a Patrulha Maria da Penha é intensificada

Publicado em 15 de maio de 2019.

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Segurança Pública e Cidadania, dá continuidade à capacitação para a Patrulha Maria da Penha, iniciada na semana passada. Estão sendo capacitados 40 Guardas Civis. Nesta quarta-feira, 15, quem esteve com os agentes foi o Delegado de Polícia Civil, Tenório Britto, discutindo a voz de prisão e a condução do agressor à delegacia, no caso de descumprimento da medida protetiva.

A Secretária de Segurança Pública e Cidadania, Ivoneide Antunes, reforçou que um aplicativo de celular está sendo desenvolvido para facilitar a denúncia da vítima. A SESP ainda busca a aquisição de uma viatura exclusiva para o patrulhamento.

O Delegado de Polícia Civil, Tenório Britto, enfatizou que a GCM atuará na prevenção e no combate à reincidência da violência contra mulheres com medidas protetivas concedidas pelo poder judiciário, conforme prevê a Lei Maria da Penha. "Quem não respeitar essa lei, vai ter de temê-la. A mulher é o pilar da família. Assim, é toda uma família que a Patrulha vai ter como responsabilidade", declarou.

Nesta quinta-feira, 16, a capacitação dos Guardas Civis será com o Comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar de Juazeiro do Norte, Major Luciano, e com o Grupo de Apoio à Vítima da Violência - GAVV, da PM do Ceará. O GAVV já atende mulheres que sofrem algum tipo de violência doméstica. O atendimento, feito na casa da vítima, segue a filosofia de polícia comunitária e tem transformado vidas. "Nós vamos unificar forças", afirmou a Secretária de Segurança Pública e Cidadania de Juazeiro do Norte.

Ivoneide Antunes também destacou a relevância da discussão da terça-feira, 14, com o Defensor Público, Emanuel Leal de Santana, a respeito das medidas protetivas de urgência e de políticas públicas voltadas à mudança de comportamento dos agressores.